Infância

Meros acasos

dentro de um quarto lacrado
asas cortadas
insano

voar e bater nas grades
implora
volta

serenidade encarnada
me olha
diz

a infância não volta
ocaso
acaso